No dia 26 de Junho de 2010, teve lugar no Centro de Apoio Social da Carregueira, um Colóquio sobre Ataxias Hereditárias, onde contou com a presença e contributo especial da Prof. Doutora Paula Coutinho que entre 1993 e 2004, percorreu todo o país, incluindo as Regiões Autónomas da Madeira e Açores com a colaboração dos serviços locais de saúde e respetivos médicos de família, efetuou o rastreiro possível das principais Ataxias Hereditárias, tendo em destaque a ataxia mais comum: Doença de Machad Joseph, tendo constatado que no Continente, a Região de Lisboa e Vale do Tejo é a Região de Portugal Continental onde esta última doença é mais frequente, sendo o concelho da Chamusca, freguesia da Carregueira, o local onde há mais famílias afetadas, sendo algumas somente portadoras e outras contratoras desta doença hereditária.

A ideia de criar este evento surgiu a partir da terceira Assembleia Geral da APAHE, onde se realizou nas instalações do Centro de Apoio Social da Carregueira, constatando-se que, sendo esta doença de caráter irreversível e de evolução variável, têm como única solução a minimização dos seus efeitos através de terapias como fisioterapia, hidroterapia, hipoterapia, jogos, informática, convívio.

Assim, como conclusão, com a participação deste evento achou-se por bem adaptar e ampliar as instalações do Lar em construção, para esta vertente da área da saúde e qualidade de vida, de forma a dar um aproveitamento eficaz a todas as infra-estruturas que o mesmo irá ter. Com isto, também iria originar maior empregabilidade e permitiria também, estabelecer parcerias com as autarquias e com Associações, explorando vertentes lúdico-turísticas, para as quais a nossa localização tem condições como o campo, a charneca, os locais com vistas paisagísticas, a Aldeia do Arripiado e o Castelo de Almourol.